Incompetência do Ministério da Educação desmoraliza o Enem, diz Freire

Publicado por Assessoria de Imprensa | Categoria(s): Brasil, Educação | Em: 08-11-2010

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), atribuiu à “pura incompetência” do governo, e mais especificamente do Ministério da Educação, a desmoralização por que vem passando o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) por causa de erros nas provas aplicadas a milhões de alunos. O MEC, no atual governo, disse Freire “é uma trapalhada só”. Segundo ele, um ministério que admite a censura de Monteiro Lobato “é capaz de toda e qualquer besteira”.

O Enem foi realizado no último fim de semana. As provas amarelas continham questões em duplicidade e algumas com o mesmo número. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) descartou anular o Enem, mas a Justiça do Ceará já suspendeu temporariamente os efeitos do exame.

Não é a primeira vez que o Enem sofre um baque. Ano passado, as provas foram roubadas da gráfica Plural e “vazadas”. Outras tiveram de ser aplicadas a milhões de alunos. Freire acha que os episódios são “um sinal de como o nosso sistema educacional está mal”. O deputado chamou o ministro da Educação, Fernando Haddad, é “um dos enfants terribles do governo Lula”.

Para Freire, não existem interesses em desmoralizar o Enem com os erros nas provas. “É uma desmoralização fruto da incompetência mesmo, não há nenhuma articulação, não”. Ele defendeu a reformulação do Enem. “Hoje, ele tem a marca de malfeitorias, mas a idéia de termos uma avaliação nacional é correta e importante para o sistema educacional brasileiro”.

Ainda ontem, no twitter do MEC um post afirmava que os alunos que já “dançaram” no Enem tentavam tumultuar com mensagens nas redes sociais e que eles estavam sendo monitorados e acompanhados para posterior processo judicial. Freire disse que a autoridade pública é que deve ser processada e responsabilizada. Ele atribuiu “a intimidação” à falta de argumentos do ministério.

Fonte: portal do PPS

Comentários

Temos (2) comentários para Incompetência do Ministério da Educação desmoraliza o Enem, diz Freire

  1. O um dos grandes problemas da educação brasileira, que no ministério da educação, há carência de educadores. Um Presidente inculto não tem condições de valorizar e priorizar a educação no Brasil. Sendo assim ficamos nas mãos dos articuladores do dinheiro publico.

  2. CLARA E OBJETIVA A ANÁLISE/CRÍTICA SOBRE A INCOMPETÊNCIA DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO FEITA PELO DEPUTADO FREIRE COM ALTO NÍVEL POLÍTICO E, SUGERINDO MODIFICAÇÕES NO ENEM DE FORMA ABRANGENTE. PARABÉNS DEPUTADO FREIRE.

Comente