PV-PPS: novidade política

Publicado por Assessoria de Imprensa | Categoria(s): Brasil | Em: 14-01-2011

 Em meio à pasmaceira da luta por cargos entre PMDB e PT, incendiada agora, no começo de mais um mandato da aliança governista, está sendo gestado algo novo na política brasileira: o bloco parlamentar PV-PPS. Desde a definição do processo eleitoral, em outubro passado, o PPS vem trabalhando por uma articulação política que garanta um espaço de atuação para a vertente de uma esquerda democrática que buscamos representar.

As eleições de 2010 demonstraram a força da questão ambiental com uma expressiva votação da candidatura do PV, principalmente nos grandes centros urbanos e ficou clara, também, a necessidade de apresentarmos uma alternativa que expresse os valores da esquerda democrática.

Nesse sentido, além de buscar um melhor funcionamento parlamentar, essa aproximação é uma sinalização clara da convergência desses dois partidos para apresentar a sociedade uma oposição qualificada que se movimente em torno de bandeiras modernas como a sustentabilidade, a justiça social e as liberdades democráticas.

O que orientará a ação político-parlamentar desse bloco será a definição de uma agenda moderna para o país que contemple além das necessárias reformas democráticas do Estado, a constituição de uma perspectiva de longo prazo, referendando políticas de Estado, mais que meramente de governo, tendo como eixo central um projeto de desenvolvimento inclusivo e ambientalmente sustentado, alicerçado no acesso à educação de qualidade e na inovação tecnológica.

Assim, a articulação do PPS com o PV, na Câmara Federal, como um Bloco Parlamentar garantindo-se a independência de cada um dos partidos, e de seus programas em suas definições de voto, com um líder do partido de maior representatividade parlamentar, e vice-líderes dos demais partidos constituintes, buscando a construção de posições consensuais em todos os pontos do trabalho parlamentar, poderá representar uma nova forma de composição política, com importantes consequências para a política nacional.

Dessa forma, pretendemos bem representar os segmentos sociais, do mundo do trabalho, da produção e da cultura, que almejam um país democrático, socialmente justo e comprometido com o desenvolvimento sustentado, articulando a sociedade e seus segmentos representativos na construção de uma nova cidadania, marcada pelo humanismo e por uma concepção cosmopolita dos problemas que afligem nosso povo e todos os seres humanos para os desafios do século 21.

Este o compromisso que assumimos com todos os brasileiros e brasileiras, no momento que vivemos as ameaças de uma crise financeira internacional que se apresenta longa e de difícil solução, com grandes repercussões no Brasil, e que exigirá de todos nós coragem, decisão e, acima de tudo, soluções novas para enfrentarmos os velhos problemas.

———————————————————-

Roberto Freire é presidente do PPS

Fonte: Brasil Econômico

Texto: Roberto Freire

Comentários

Temos (4) comentários para PV-PPS: novidade política

  1. A colaboração política entre os herdeiros de duas grandes tradições culturais alternativas da modernidade e da pós-modernidade, como bloco parlamentar PPS-PV é notícia alviçareira.
    O humanismo que se vem afirmou através da história contra o liberalismo, na modernidade, e a tecnocracia, na pós-modernidade, surge agora na prática da política brasileira!
    Saudamo-lo, desejando-lhe longa vida e sucesso.

  2. A firmeza política,ética e ideológica do deputado/senador pernambucano/ paulista/ brasileiro Roberto Freire associada ao voluntarismo/idealista/ ético de muitos quadros do PV simbolizado pela senadorasertaneja/brasileira Marina Silva e pelo deputado Fabio Feldman, podem consolidar com quadros do PSDB, PT e DEM a postura política que queremos para o Brasil como potência política e social,ambiental e economicamente sustentável

  3. Vejo Com bons olhos a formação desse bloco PV-PPS, com identidade ideológica próxima, com os melhores quadros orgãnicos da política nacional, quem sabe também uma FUSÃO, isso é discussão para o futuro com o conjunto dos partidos, sugestão desse humilde filiado e que esse bloco seja inseminado e contaminado por todas unidades federativas do BRASIL, enfrentar os novos tubarões do poder sozinho está sendo muito dificil, aquí em SERGIPE eles não tiveram limites e parâmetros para manterem no poder, campanhas milionárias, que outrora era impossível por falta de tais recursos, hoje de uma hora para outra, com um simples estalo de dedo ou twuitada, algo muito na moda hoje em dia em SERGIPE, fortunas aparecem para financiar campanhas com requintes caríssimo.

  4. Gostei da parceria, o que não se pode é se juntar com o Joio. E que tenham uma grande liderança neste pais. O Brasil anda sem liderança.

Comente